CP/ CP Carga com acordo no dia de descanso semanal

A fracção CDS do governo, no quadro de negociações com alguns sindicatos e de consultas a outros, logrou obter o seguinte acordo:

A CP retomará a organização do trabalho nos termos previstos no acordo de empresa (assinado em 2000 pelos Sindicatos UGT) e, quando o trabalhador for chamado a trabalho em dia de descanso semanal, será remunerado nos seguintes termos:

- Acréscimo de 50% sobre a retribuição hora, com compensação de um dia de descanso dentro dessa semana ou das duas seguintes.

- Acréscimo de 75% sobre a retribuição hora desde que não haja dia de compensação.

- Sempre que o trabalhador for chamado a trabalhar em dia de descanso, será garantido o abono mínimo de oito horas e sempre que o trabalho exceder o período normal, esse tempo será retribuído com o valor de retribuição hora acrescido de 75%.

O acordo vigora entre 17 de Julho e 31 de Outubro do corrente ano.

Agora é necessário alargar este Acordo à fracção PPD/PSD do governo que lidera a Refer e a EMEF.

O Sindefer reúne amanhã com a EMEF.
Voltar atrás