SINDEFER

Sindicato Nacional Democrático da Ferrovia

Acordos EmpresaBreve HistorialEstatutosHistóricoContactos

 

 
O rei vai nú

A CP não tem material circulante em condições de manter a oferta comercial constante nos seus horários. A EMEF não tem capacidade para fazer a manutenção que a CP necessita para manter a sua frota operacional.

Isto já se sabia que ia acontecer há muito, muito tempo, mas as administrações e a maioria dos quadros superiores das duas empresas assobiaram para o lado, assim como o governo.

Preferiram falar dos lucros (falsos) de milhões, de mais passageiros (o sr. Queiró nisso era imbatível), êxito para aqui, êxito para acolá, tudo tretas. Os jornalistas da especialidade também fingem que não sabem a dimensão da coisa, para puderem andar a fazer uns artigos todas as semanas. A hipocrisia no seu melhor.

O governo procurou e conseguiu nomear pessoas que não constituem qualquer problema, são cegos, surdos e mudos.
O desastre está instalado com o silêncio cumplice da maioria.

Ler aqui um exemplo.

PS
Temos conhecimento de haver Altos Responsáveis a dizerem que não conheciam a dimensão do problema. É preciso ter lata!
Voltar atrás