SINDEFER

Sindicato Nacional Democrático da Ferrovia

Acordos EmpresaBreve HistorialEstatutosHistóricoContactos

 

 
EMEF|Exige-se a presença do Presidente

Realizou-se, ontem, mais uma reunião de negociação do AE/RC, entre a plataforma sindical única e a EMEF.

No que respeita ao AE o processo tem evoluído, sem dificuldades de maior, e encontra-se perto da sua conclusão. Já no que respeita ao RC as coisas estão bem mais complicadas e atrasadas.

A proposta da Administração não era proposta nenhuma e isso tem a ver, de certeza, com a situação na EMEF, cada vez mais obscura. Ninguém diz nada, aparentemente ninguém sabe nada. É a estratégia do vazio e julgamos que a estratégia do vazio é calculada e tem o seu epicentro no governo.

Por um lado, o Secretário de Estado visita as instalações da Empresa, para dar um ar de grande interesse e acompanhamento, por parte do Governo, por outro, as Finanças não autorizam nada.

Enquanto que, na Empresa, quem a dirige não tem qualquer "golpe de asa" (é, aliás, nossa profunda convicção que mais facilmente passa um elefante, dos grandes, pelo buraco da agulha que brote qualquer Inovação na mente da equipa dirigente).

Como não é recomendável aceitar o vazio, os Sindicatos, propuseram que, na próxima reunião, esteja presente o Presidente da Empresa para dar Informações. Dizer o que sabe, que a mais ninguém o obriga.

É que, o vazio instalado para a EMEF, faz-nos acreditar, para além dos ACE/Mercadorias e ACE/Guifões, se preparam o ACE/Carruagens e o ACE/Alta Velocidade. Depois ficaria por resolver o ACE/L. de Sintra e a posterior reintegração da velharia restante na CP, ficando a EMEF apenas como gestora de contratos.

Foi por isso que sempre batalhámos contra a funesta ideia da reintegração da EMEF na CP. Agora certamente todos compreendem o disparate, mas já é tarde.
Voltar atrás