SINDEFER

Sindicato Nacional Democrático da Ferrovia

Acordos EmpresaBreve HistorialEstatutosHistóricoContactos

 

 
Dentro do colapso...

Outros tempos

A hecatombe em curso, na CP e EMEF, começou em 2013. Relembre-se que, durante 4 anos, este jornalista do Público, e outros, entre eles o do Expresso, que escreve sobre comboios, de vez quando, teciam louvores à gloriosa administração da CP, chefiada pelo Sr. Queiró do CDS. Foi a altura em que começou a destruição da EMEF que traria, obviamente, atrás de si, a imobilização do material circulante, logo o afundamento progressivo da CP.

Foram poucos, muito poucos, os Quadros, que, na altura, tiveram a coragem de contestar esta política, até porque os sindicatos mais fortes da CP, também eles estavam deslumbrados com o Sr. Queiró e, quase que, o santificaram. As empresas de comunicação e imagem fazem milagres, mesmo na luta de classes.

Selectivamente, todos aqueles que contestavam os êxitos eram considerados "persona non grata" e isolados. Com eram tão poucos não foi difícil aos senhores da PAF abafarem o "ruído" com a ajuda da guarda pretoriana que tinham nomeado, houve uma excepção, na EMEF, a de Castanho Ribeiro que, apesar de tudo resistiu a algumas canalhices propostas.

Com a vinda do ministro Pedro Marques tudo se manteve, nada mexeu, os isolados de outrora continuaram isolados e mandados ostracizar no PS. Esta desilusão chamada, Pedro Marques e seus ajudantes, claramente a Ala Direita do PS, a que tenta liquidar a Geringonça, conseguiu os seus intentos prosseguir, por um lado, a liquidação da EMEF e, por outro, enfraquecer a CP, na altura precisa da liberalização do sector.

Em Setembro e meses seguintes, será tudo muito pior, os lugares de topo estão todos em mãos de confiança, que não criam chatices à governação, seja ela qual for, e obedecerão a todas as ordens e farão newletter's dolorosos a explicar que são imperativos legais que os obrigam a espatifar a empresa...
Haverá, sempre tontos que acreditam...

Francisco Fortunato

Leia aqui a noticia do Público.
Voltar atrás