SINDEFER

Sindicato Nacional Democrático da Ferrovia

Acordos EmpresaBreve HistorialEstatutosHistóricoContactos

 

 
EMEF | O "regresso à CP" é uma mão cheia de nada

Há associados do sindicato e, também, outros trabalhadores, que nos interrogam sobre as negociações interrompidas, pela empresa, durante o período de férias, e não mais retomadas.

Já o fizemos notar, em 08/01, aqui, que o sempre anunciado "regresso à CP", e sempre adiado, foi a maior armadilha montada aos trabalhadores da EMEF com o apoio ingénuo de organizações dos trabalhadores.

Em primeiro lugar porque permitiu, permite e permitirá acabar com a EMEF sem qualquer reacção dos seus trabalhadores, pelo contrário, o que se assiste é um "brilhozinho nos olhos" dessas organizações ingénuas, que sempre fizeram do "regresso à CP" a sua bandeira e de todos os saudosistas que ingenuamente creem ser possível: "a mesma agua correr duas vezes por baixo da mesma ponte".

Não há negociações autónomas possíveis sobre a égide do "regresso à CP", assim como, não haverá defesa possível da empresa com esta estratégia.

Esta é a estratégia do quanto pior, melhor para partir a EMEF em ACE,s (leia-se entrega a privados por ajuste directo a um só parceiro).

É preciso desmontar esta armadilha antes que seja tarde de todo.
Voltar atrás