SINDEFER

Sindicato Nacional Democrático da Ferrovia

Acordos EmpresaBreve HistorialEstatutosHistóricoContactos

 

 
Reabrir Guifões...

Reabrir as oficinas de Guifões para reforçar a capacidade operacional da EMEF é uma boa ideia. Só comprova que o correcto é reforçar a Empresa, o que sempre defendi, e não o seu contrário, que seria acabar com ela por integração na CP.

Como boa ideia é reparar o material circulante que está inoperacional, que foi mandado encostar por Altos Responsáveis da CP (se me chatear ainda ponho os nomes por aqui) apesar dos sucessivos avisos da EMEF de que era uma má decisão e de ter proposto, várias vezes, revertê-la, porquanto tinha trabalhadores suficientes para o efeito, o que agora não acontece.

Para tudo isto é preciso recrutar pessoal, bem menos complicado no Norte, reforça a utilidade de Guifões, mas premente subir os salários iniciais, daí a necessidade das negociações do AE e RC se concluírem rapidamente.

O reforço da ligação com a Nomad Tech não é nenhum problema, o problema foi, no passado, a CP ter privatizado a 65% a então Unidade de Inovação e Desenvolvimento. A ideia do comboio português é pensar fora da caixa, tem pernas para andar porque há "know-how" suficiente e a FEUP (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto) é uma peça importante nesta estratégia.

Para terminar, os Executantes desta estratégia não podem ser os actuais responsáveis da CP/EMEF, nem a troika operacional da EMEF. Podem nem ser más pessoas, e não são, mas não sabem pensar, só sabem obedecer e depois maldizer as ordens a que obedecem sem pestanejar.

Precisamos de gente que Acredite no Projecto e que não tivesse andado, ou ande, entusiasmada a defender que a Empresa devia regressar à CP, seria, no mínimo, contraditório...

Francisco Fortunato

Voltar atrás