SINDEFER

Sindicato Nacional Democrático da Ferrovia

Acordos EmpresaBreve HistorialEstatutosHistóricoContactos

 

 
AE|CP Todos os trabalhadores merecem atenção...

O Sindefer subscreveu o "acordo de princípio" em anexo, que convidamos a ler com toda a atenção, porque acima de tudo serve para confirmar o que temos vindo a escrever, com nítido desagrado do CA/CP, mas é a vida.

A massa salarial foi muito mal distribuída, há um nítido reforço no novo prémio de revisão e do prémio de condução, neste desconhecemos os valores finais, porque nunca se conhece o que o sector de Condução negoceia.

Há, por aí, alguns filósofos, que promovendo e beneficiando do dito secretismo, exultam com o regresso da ex-EMEF e ainda se dão ao luxo de emitir opiniões sobre o que é bom para esses trabalhadores. Como nós os entendemos...

27 anos depois pouco mudou, ou seja, a massa salarial da CP, agora "engordada" com a massa salarial da EMEF, é distribuída de forma secreta para uns e profundamente injusta para um número significativo de trabalhadores.

Confirma-se, assim, e logo nos primeiros dias, que, a não ser ultrapassado este velho e enraízado hábito na CP, os ex-trabalhadores da EMEF servirão apenas para "engordar" a massa salarial de uns, Sector Operacional, recebendo as migalhas dos Sectores Fixos. Cá estaremos para denunciar e combater este estado de coisas.

Nota
Nas matérias até agora acordadas, não há qualquer recuo relativamente ao AE actual.

Regulamento de Carreiras
A negociação vai continuar, num quadro que envolve todos os trabalhadores, incluindo os das oficinas, que passaram a fazer parte da CP e que não aceitarão ser contribuintes líquidos de outros. Os administradores, que são oriundos da EMEF, não esqueçam e que aprendam depressa. O tempo escasseia.

Esclarecimento
Apoiamos esta administração excepto nesta incompreensão. Isto não é uma família, é uma Empresa em que sectores não se importam muito de usufruírem direitos em detrimento de outros. Há que ser justo e saber dizer Não quando se ultrapassam as margens do razoável.

Leia aqui o Acordo de Princípios.
Voltar atrás