SINDEFER

Sindicato Nacional Democrático da Ferrovia

Acordos EmpresaBreve HistorialEstatutosHistóricoContactos

 

 
A nossa posição sobre a EMEF

Defendemos a EMEF, enquanto Empresa de Capitais Públicos, instalada no mercado e sujeita à livre concorrência. Se o Tribunal de Contas Português, mais papista que o papa, em Espanha, França ou Alemanha, esses Tribunais não são fatores de bloqueio de interesses nacionais, exige que, a CP, ponha a concurso a manutenção e reparação dos seus comboios, a EMEF, não deve ter qualquer medo de ir a concurso.

O grande e único problema é que a CP já não sabe fazer Cadernos de Encargos e quer esconder essa incapacidade integrando a EMEF, não se preocupando com as consequências que acarreta essa irresponsabilidade. Há sempre quem paga os prejuízos de decisões idiotas, o erário público, ou seja todos nós.

A CGTP é só a cereja no topo do bolo! Dão um grande jeitão no momento.
Voltar atrás